terça-feira, abril 11, 2006

Sempre haverá mais "Godfather"

O chefe supremo da mafia, Bernardo Provenzano, fugido à justiça há 42 anos, foi detido na Sicília (sul de Itália), na região de Corleone, anunciou hoje de manhã a agência noticiosa italiana Ansa.
A detenção do chefe mafioso pela polícia de Corleone foi confirmada à Ansa pelo procurador-adjunto Giuseppe Pignatone e pelos magistrados da direcção regional antimafia.
Oriundo de Corleone, perto de Palermo, Bernardo Provenzano, nascido a 31 de Janeiro de 1933, passou à clandestinidade em 1963. Tornou-se o chefe supremo da Cosa Mostra após a detenção, em Janeiro de 1933, de Toto Riina, mandatário dos assassinatos dos juízes antimafia Giovanni Falcone e Paolo Borsellino (1992).

fonte: PUBLICO.PT

2 Comments:

At terça abr 11, 03:11:00 da tarde 2006, Blogger Joe_Fogueteiro said...

se tivess um bom consiglieri isto nao acontecia!!..um dia triste para nao recordar!!!BONASERA

 
At terça abr 11, 08:10:00 da tarde 2006, Blogger lit0s said...

phodassss olha que carailhus, eu sei de um fulano aqui em portugal que anda fugido há mais de 60 anos e ninguém lhe pega!

e tb tem aquele certo sotaque siciliano..

 

Enviar um comentário

Home